MCT lançará sistema para certificar material biológico

O ministro da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Sardenberg, lançará no próximo dia 9 um programa de fomento que deverá se transformar em um sistema brasileiro para avaliação da conformidade do material biológico. Na prática, esse sistema funcionaria para certificar células, sementes, tecidos, organismos e outros materiais biológicos utilizados em pesquisa e fabricação de produtos. "Estamos organizando um sistema para antecipar uma necessidade que o mercado terá, que é a certificação desses materiais. Queremos dar estrutura às empresas quando precisarem certificar seu material", afirmou Reinaldo Dias Ferras de Souza, coordenador geral de Política Tecnológica Industrial do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Souza participou, ontem, do seminário Rede de Conhecimento para Micro e Pequenas Empresas, organizado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). "Não tem paralelo no mundo o que estamos criando, queremos fomentar iniciativas nesse campo, nos precavendo para futuros sistemas a serem criados em outros países", completou. "Nas rodadas da Organização Mundial do Comércio (OMC) já se pergunta como se faz a rotulagem de produtos transgênicos, que critérios a gente utiliza", exemplificou. Segundo ele, o material biológico atualmente pode ser considerado um produto e isso justifica sua certificação. O MCT fomenta, hoje, o projeto nacional de seqüenciamento dos genes do eucalipto - o Genolyptus - , um consórcio que reúne 12 empresas e sete centros de pesquisa brasileiros. "Queremos agora melhorar nosso eucalipto usando manipulações genéticas mais sofisticadas. Se ao final resolverem comercializar um novo cultivar, quem garante que a semente nova tem as características buscadas é a certificação", explicou ele. As análises referentes ao material biológico no Brasil cabem a diversos órgãos de vários ministérios: Agricultura, Meio Ambiente, Saúde, Ciência e Tecnologia. A este último cabe avaliar a segurança na manipulação desse material. O sistema brasileiro a ser criado pelo MCT promoverá fomento para treinamento de recursos humanos e criação dos centros para certificação, entre outras ações, que serão detalhadas por Ronaldo Sardenberg no lançamento no começo de julho.

Agencia Estado,

26 de junho de 2002 | 12h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.