MCT libera verba para pesquisa em pequenas empresas

O Estado de São Paulo receberá R$ 20 milhões, em dois anos, do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), para o desenvolvimento de pesquisas em micro e pequenas empresas. O acordo será assinado com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) nesta quarta-feira, dia 15, em Brasília. O investimento está previsto no Programa de Apoio às Empresas de Base Tecnológica, a ser implantado com recursos dos fundos setoriais. ?De acordo com as regras do programa, a Fundação deverá participar investindo o mesmo valor liberado pelo órgão federal?, disse Francisco Romeu Landi, diretor presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). No encontro, em Brasília, secretários estaduais de Ciência e Tecnologia e dirigentes de Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) de várias regiões do Brasil vão assinar convênios dentro do mesmo programa. O Fundo Verde-Amarelo e os fundos setoriais de Agronegócios, Biotecnologia, Saúde, Energia, Petróleo e Gás Natural aprovaram recursos para essas ações conjuntas com os estados. O objetivo é financiar pesquisas, que resultem em desenvolvimento de produtos e processos tecnológicos dentro das pequenas empresas. Depois da cerimônia de assinaturas, o grupo de representantes estaduais seguirá para o Congresso Nacional e, em audiências com deputados e senadores, vai tratar do orçamento de 2004 para o setor de C&T. Eles pedirão o não contingenciamento da verba no próximo ano. (Agência FAPESP)

Agencia Estado,

14 de outubro de 2003 | 08h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.