Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Médicos criam réplicas de vírus da hepatite C

Médicos norte-americanos criaram em laboratório réplicas do vírus da hepatite C, passo importante para levar à criação de tratamentos contra esta doença. O trabalho foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.O estudo foi feito com o genótipo 1, que tem maior incidência entre os seres humanos e é o mais resistente a tratamentos atuais, segundo a agência Efe. O cultivo em laboratório produziu partículas virais que têm todas as propriedades do vírus completo."Há até pouco tempo, a pesquisa sobre esta doença infecciosa sofria com a falta de um sistema robusto in vitro", explicou Jake Liang, do Instituto de Diabetes e Doenças Hepáticas e Digestivas (NIDDK).Para ele, a técnica utilizada para fazer a réplica pode ser aplicada para descobertas sobre outros tipos de vírus.Mais perigosaOutro estudo sobre hepatite C, publicado na revista Hepatology, da Associação para o Estudo de Doenças Hepáticas, dos Estados Unidos, indicou que a infecção por este vírus é mais perigosa do que se pensava até agora.O vírus, que anualmente afeta quase quatro milhões de pessoas, aumenta o risco de dos afetados sofrerem câncer. A probabilidade de câncer linfático e mieloma múltiplo é, respectivamente, 1,99 e 2,54 vezes maior em comparação com pessoas não infectadas por hepatite C.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.