Mergulhador pode ser condenado pela morte de um tubarão

Um mergulhador australiano enfrenta a séria acusação de matar um raro tubarão-touro. Mas ele garante que não teve escolha: ?Na hora eu pensei que era o tubarão ou eu?, disse o mergulhador, que não foi identificado, ao jornal The Daily Telegraph, numa matéria publicada hoje. ?Eu estava convencido de que ele queria me comer.?O mergulhador pode tornar-se a primeira pessoa processada por matar um tubarão, depois que se tornou espécie protegida em 1984. A multa pela morte pode chegar a US$ 152.000 e dois anos de prisão, se for condenado.O departamento de pesca do Estado de New South Wales encontrou o arpão de pesca numa praia ao norte de Sydney, espetando um tubarão-touro de cerca de 10 quilos, no dia 9. Os tubarões-touros ? também conhecidos como tigres da areia ? são considerados perigosos para os homens, embora o animal morto tenha sido identificado como um filhote.?As acusações ainda estão sendo analisadas?, disse um porta-voz do departamento à Associeted Press.O mergulhador disse que o pequeno tubarão atacou-o várias vezes e fugiu quando ele acionou o arpão.?Eu estava tão apavorado que não tive tempo de tentar descobrir que espécie ele era ... estava muito ocupado tentando me defender.?O diretor geral do departamento de pesca, Steve Dunn, descreve a morte como ?séria?.?Os tubarões-touros estão ameaçados e protegidos de toda a forma de pesca, assim essa é uma infração grave. A perda, neste caso foi particularmente grande por tratar-se de uma fêmea ainda imatura, das quais existem muitas poucas.?

Agencia Estado,

28 de junho de 2004 | 14h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.