'Mestre tântrico' fica imerso em gelo por 72 minutos

Prova ocorreu em uma rua de Nova York, abrindo uma série de eventos sobre o cérebro

26 de janeiro de 2008 | 23h01

Um homem que se apresenta como um "mestre tântrico" bateu seu próprio recorde mundial e ficou com o corpo imerso em gelo por 72 minutos.   Wim Hof, de 48 anos, ficou em uma rua de Nova York, dentro de uma caixa transparente, com gelo até a altura dos ombros por uma hora e 12 minutos neste sábado, 26. Ele já havia marcado o recorde mundial por resistência ao contato corporal com o gelo em 2004, quando ficou imerso por uma hora e oito minutos.   Hof diz que suporta a prova controlando a temperatura do corpo por meio de uma prática tântrica. O tantra é uma corrente do ioga.   O recorde marca o início de "Brainwave" (onda cerebral), uma série de eventos em Nova York sobre o efeito da música, da arte e da meditação  no cérebro.

Tudo o que sabemos sobre:
recordegelo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.