Micróbios do fundo do mar se alimentam de DNA

O DNA de organismos mortos é um importante alimento para os seres vivos que vivem no fundo dos oceanos. Segundo estudo publicado na Science, o ácido desoxirribonucleico não mais contido pelas membranas das células fornece boa parte dos nutrientes para tais micróbios.A pesquisa, feita por cientistas do Departamento de Ciência Marinha da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, mostrou que o DNA é responsável por 4% do carbono, 7% do nitrogênio e 47% do fósforo consumidos pelos micróbios.Quando os organismos se alimentam desse DNA extracelular, eles rapidamente convertem o fósforo em uma forma inorgânica que pode ser usada pelo fitoplâncton e por outros organismos que realizam fotossíntese e vivem próximo ou na superfície dos oceanos.Segundo os pesquisadores, o DNA é uma molécula rica em fósforo - cerca de 10% do seu peso -, mas o seu papel no ciclo do elemento químico tem sido ignorado. Eles acreditam que isso ocorre porque a maioria dos pesquisadores olha para a molécula apenas como um material genético.Para os autores do estudo, a maior parte do DNA está presente no fundo dos oceanos, onde mais de 90% do total é extracelular.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2005 | 11h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.