Milhares de hindus lembram casamento do deus Shiva na Índia

Festa atrai várias mulheres, que fazem jejuns e rezas, na esperança de conseguir um bom marido

Efe,

06 de março de 2008 | 21h19

Milhares de devotos realizam nesta quinta-feira, 6, com jejuns e rezas nos templos indianos a festividade do Shivratri, em referência ao casamento mitológico dos deuses hindus Shiva e Parvati.   "As multidões aumentarão durante a noite, porque muita gente jejua e vai ao templo quando anoitece para rezar a Shiva", declarou um policial encarregado das tarefas de segurança à agência indiana Ians.   Segundo o calendário hindu, a festa do Shivratri é celebrada um dia ou dois antes da lua nova durante o mês de Phalgun, que coincide normalmente com fevereiro ou março.   Os devotos acreditam que Shiva, um dos deuses da trindade hindu junto com Brahmá e Vishnu, casou-se com a deusa Parvati neste dia, e por isso mantêm jejuns e rezam com cântico ao deus ao longo da noite.   Além disso, o Shivratri é especial para milhões de jovens solteiras, que aproveitam a ocasião para rezar e jejuar, mas com a crença que isto lhes ajudará a obter um bom marido.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaShivacomemorações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.