Milionário americano inicia viagem espacial rumo à ISS

A Soyuz TMA-7 decolou neste sábado em Baikonur, no Casaquistão, Ásia Central, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês) com três tripulantes a bordo. A nave, com o empresário, físico e milionário americano Gregori Olsen e o russo Valeri Tokarev e o americano William McArthur, astronautas, atingiu a órbita prevista às 2h03 (hora de Brasília), informou o Centro de Controle de Vôos Espaciais da Rússia."Todos os sistemas (da nave) funcionam normalmente. O acoplamento da Soyuz à ISS está previsto para as 3h32 (de Brasília) de 3 de outubro", disse um porta-voz do Centro de Controle de Vôos Espaciais de Moscou.A decolagem do foguete foi acompanhada pelos chefes da agência espacial russa Roskosmos, Anatoli Perminov, e da Nasa, Michael Griffin.Tokarev e McArthur, que permanecerão no engenho espacial nos próximos seis meses como integrantes da décima segunda expedição ISS-12, substituirão o astronauta russo Serguei Krikaliov e o americano John Phillips, que estão na estação desde abril.O multimilionário americano Gregori Olsen é o terceiro turista a viajar à ISS e, segundo fontes russas não oficiais, pode ter desembolsado até U$20 milhões por esta viagem."Não sou um turista, me preparei muito seriamente para esta viagem e sou um integrante a mais da tripulação", disse Olsen em entrevista coletiva. Olsen, especialista em óptica e cristalografia, realizará experimentos com equipamentos fabricados por sua empresa durante os oito dias que permanecerá na ISS.Uma vez finalizados os experimentos e concluída a troca das duas expedições, Olsen, Krikaliov e Philips retornarão à Terra a bordo da Soyuz TMA-6.

Agencia Estado,

01 de outubro de 2005 | 05h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.