Ministério pode proibir importação de pneus usados

O Ministério do Meio Ambiente poderá proibir expressamente a importação de pneus usados, uma vez que, aproveitando-se de brechas na regulamentação, empresas interessadas em manter esse comércio estão ingressando na Justiça para garantir a importação de carcaças.Pelos cálculos do ministério, nos últimos três anos liminares permitiram a entrada de mais de 6.700 pneus usados. As liminares são concedidas principalmente no Paraná, Espírito Santo e Ceará."É um problema que temos de resolver rapidamente, pois não há uma forma de descarte seguro desse tipo de produto", afirma a secretária de Qualidade Ambiental do ministério, Marijane Lisboa.Um grupo de trabalho está preparando proposta de decreto que será enviado à Presidência da República. Depois do decreto, o ministério irá tirar da gaveta uma resolução sobre o assunto, proibindo expressamente o comércio de pneus usados.

Agencia Estado,

17 de abril de 2003 | 22h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.