Ministra critica pressão dos EUA pelos transgênicos

"Por que a concorrência quer que façamoso mesmo que ela? Acho que temos que refletir sobre isso." A frase foi dita pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, aocomentar sobre o que ela chama de "pressão exagerada" de países como Estados Unidos para que o Brasil permita o plantio de soja transgênica.A ministra preferiu não responder à própria pergunta. "Prefiro deixar a questão em aberto". Mas deu a entender que a estratégia teria o objetivo de prejudicar o acesso do País aoutros mercados, como a Comunidade Européia. "O Brasil detém um grande know-how na produção de soja convencional e essa característica é altamente relevante no mercado externo."Marina Silva também defendeu a adoção de novas regras para a pesquisa com organismos geneticamente modificados (OGMs), queagora precisarão ter registro no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). "Estamoscriando procedimentos para garantir que as pesquisas sejamfeitas sem risco", disse.

Agencia Estado,

03 de junho de 2003 | 23h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.