Ministro da Saúde comemora produção de células-tronco

Brasil tem todas as condições de competir com os países mais desenvolvidos nessa área, disse Temporão

da Redação,

01 de outubro de 2008 | 17h26

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão,comemorou a notícia da produção da primeira linhagem de células-tronco embrionárias humanas do Brasil. Em nota distribuída pelo ministério, ele diz que "essa é uma área em que o Brasil tem todas as condições de competir com os países mais desenvolvidos do mundo no desenvolvimento de novas tecnologias para tratamento das doenças crônicas".   A nota do ministro elogia a "coragem e a sensibilidade" do Supremo Tribunal Federal (STF) que aprovou, em 29 de maio deste ano, a pesquisa com células-tronco embrionárias. "Foi uma decisão acertada e o Brasil só tem a ganhar com isso", disse Temporão, citado na nota.   O secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães, anunciou que os ministérios da Saúde e de Ciência e Tecnologia, e possivelmente o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), estão montando uma rede nacional de terapia celular. Para custear essa rede e suas ações, os dois ministérios reservaram R$ 21 milhões para 2008/2009.    De acordo com o secretário, serão construídos seis laboratórios para o desenvolvimento de linhagem de vários tipos de células-tronco - embrionárias, adultas, induzidas - em condições de boas práticas de manipulação.

Tudo o que sabemos sobre:
temporãocélulas-tronco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.