Ministro prevê lei dos transgênicos para este ano

O Congresso pode aprovar ainda neste ano uma lei que permita o plantio de soja transgênica, disse nesta segunda-feira o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. ?Minha sensação é de que o Congresso vai aprovar isso até antes do plantio da próxima safra?, afirmou Rodrigues, em conversa com membros da Associação de Correspondentes Estrangeiros.A nova lei viria consolidar a posição assumida pelo governo na Medida Provisória 113, publicada na semana passada, que liberou a comercialização da safra de soja transgênica para este ano. A soja modificada foi plantada em desacordo com uma decisão judicial e seria, portanto, ilegal.Rodrigues disse que ?a questão dos transgênicos traz muitos problemas?, entre eles a dificuldade de separar os grãos modificados dos convencionais. A diferença só pode ser detectada por análises de DNA. ?Não há laboratórios suficientes para testar todos os lotes?, disse o ministro. ?E o fato de a Argentina permitir os transgênicos, e nós não, dificulta ainda mais.?Não só sementes transgênicas são trazidas ilegalmente do país vizinho, mas os grãos argentinos são freqüentemente misturados com os brasileiros nos navios a caminho da exportação. No Rio Grande do Sul, onde está concentrada a maior parte da soja transgênica, produtores querem que o governo federal assuma o custo dos testes para verificar a ausência de transgênicos entre aqueles que quiserem obter a comprovação para vender sua soja como convencional.A MP 113 exige que toda a safra de soja deste ano seja rotulada para informar o consumidor sobre a presença ou não de organismos geneticamente modificados (OGMs).

Agencia Estado,

31 de março de 2003 | 21h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.