Ministros de 23 países iniciam reunião sobre mudança climática

Debate se concentrará em aspecto de adaptação ao aquecimento, transferência de tecnologia e financiamento

Efe

15 de setembro de 2008 | 21h25

Ministros de Meio Ambiente de 23 países iniciaram nesta segunda-feira, 15, no sul da Argentina uma reunião que procura um diálogo prévio às negociações multilaterais para adotar novos compromissos sobre mudança climática a partir de 2012, quando vence o Protocolo de Kioto. O debate, centrado em aspectos de adaptação e mitigação da mudança climática, transferência de tecnologia e financiamento, se prolongará até quinta-feira, 18, "a portas fechadas para garantir que os ministros trabalhem tranqüilos e fora de toda pressão externa", disseram à Agência Efe fontes da organização da reunião. O diálogo iniciado nesta segunda-feira, 15, em Calafate tem caráter informal, embora se espere que dê como resultado propostas para avançar rumo a consensos nas negociações nas Nações Unidas sobre mudança climática. No encontro, participam representantes, além do Brasil, de Argentina, Barbados, Costa Rica, México, China, Índia, Indonésia, Gana, África do Sul, Espanha, Holanda, Dinamarca, França, Alemanha, Polônia, Suécia, Suíça, Reino Unido, Austrália, Japão, Nova Zelândia e Estados Unidos. A reunião terminará na quinta-feira com a divulgação de uma declaração com as conclusões da conferência, que serão levadas a outro encontro previsto para dezembro na Polônia. Na reunião, os participantes tentarão canalizar um acordo contra a mudança climática que substitua o Protocolo de Kioto a partir de 2012 e que possa ser aprovado em um encontro que acontecerá em Copenhague, em dezembro de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
aquecimento global

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.