Morre 94ª vítima da gripe aviária na Indonésia

País é o mais castigado pela doença, com índice de contágio de 78% nos casos confirmados

EFE

26 de dezembro de 2007 | 02h29

Uma mulher de 24 anos morreu por causa da gripe aviária em Jacarta, elevando para 94 as mortes causadas pelo vírus na Indonésia, informou nesta quarta-feira o Ministério da Saúde do país. A vítima morreu na manhã desta terça-feira. As análises deram positivo para a cepa H5N1 do vírus, a mais mortífera das atualmente conhecidas, disse um porta-voz do Ministério à agência oficial "Antara". A mulher havia sido internada em um hospital de Jacarta no dia 19 de dezembro. As autoridades estão investigando se ela esteve em contato com frangos infectados, segundo o Ministério. A Indonésia é o país mais castigado pela gripe aviária, com um índice de contágio de 78% nos casos confirmados, e a epizootia já é endêmica nas ilhas de Java, Sumatra e Bali, assim como na região das Célebes.

Tudo o que sabemos sobre:
Gripe aviáriaIndonésiaH5n1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.