Morre Joshua Lederberg, descobridor do 'sexo' das bactérias

Cientista vencedor do Prêmio Nobel morreu no último sábado, 2, devido a uma pneumonia, aos 82 anos

Associated Press,

06 de fevereiro de 2008 | 18h10

Joshua Lederberg, cientista vencedor do Prêmio Nobel, que  serviu como conselheiro para nove presidentes americanos e que atualmente escrevia colunas para jornais, morreu de pneumonia no último sábado, 2, aos 82 anos, segundo a Universidade Rockefeller.   Lederberg tinha 33 anos quando ganhou o Nobel para Fisiologia ou Medicina por descobrir que as bactérias podem acasalar e trocar genes. Sua descoberta levou ao conhecimento de como as bactérias se tornam resistentes aos antibióticos.   Acadêmico precoce, Lederberg concluiu o ensino médio pela escola Stuyvesant em Manhattan aos 15 anos e graduou-se como bacharel aos 19, pela Universidade de Columbia, em 1944.    O cientista começou a estudar medicina na Universidade de Médicos e Cirurgiões de Columbia por dois anos, antes de ser transferido para a Universidade Yale, onde ajudou no pioneiro campo de pesquisa da genética bacteriológica. Ele recebeu seu doutorado em 1947, e o Nobel em 1958.   Ao anunciar o prêmio, o Instituto Karolinska afirmou que Lederberg descobrira que "diferentes tipos de bactérias poderiam ser cruzadas para produzir descendentes contendo uma nova combinação de fatores genéticos". O processo, análogo ao sexo, foi batizado de "recombinação".   O comitê responsável pelo Nobel creditou ainda a Lederberg a descoberta de que material genético de um organismo pode ser integrado a outro, abrindo caminho para a manipulação genética dos seres vivos.   A fascinação do cientista com a exploração do espaço levou-o a atuar como conselheiro da Nasa em diversos projetos, incluindo num de como evitar a contaminação das naves espaciais com micróbios terrestres.   Em 2006, ele recebeu o Presidential Medal Of Freedom - medalha presidencial da liberdade - a maior honraria civil dos Estados Unidos.   Lederberg também escrevia uma coluna distribuída a vários jornais, chamada 'Ciência e Homem', sobre o impacto das descobertas científicas na sociedade.   Ampliada às 19h19

Tudo o que sabemos sobre:
Joshua Lederberg

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.