Mulher de 117 anos volta a ver após cirurgia

Oftalmologistas bielo-russos apresentaram sua candidatura ao livro Guinness dos recordes por ter devolvido a visão a uma mulher de 117 anos, a mais velha daquele país, em uma operação de cataratas."Ana Borisevich estava cega havia quatro anos e, como tinha um coração forte e a pressão arterial normal, passou por uma implantação de cristalino que teve êxito", disse um porta-voz do ministro da Saúde à agência Interfax.Segundo o porta-voz, a operação durou 25 minutos e a paciente, residente em Minsk, se sente bem e já iniciou um tratamento para voltar a ler.Investiga-se agora se ela pode ser a paciente mais velha do planeta a ser submetida a uma cirurgia, para ser incluída no livro dos recordes, disse o porta-voz. "A paciente expressou seu desejo de ler pessoalmente seu nome na famosa publicação", disse.Segundo a prefeitura de Minsk, há documentos que certificam que Ana Borisevich nasceu em 5 de maio de 1888, um ano antes de a americana Mod-Fari Louis, incluída no Guinness como a mulher mas velha do planeta."Com 117 anos, a mulher conserva o raciocínio, sua dicção é normal e, em geral, parece que tem só 90", afirmou o funcionário municipal. Ele acrescentou que a idosa lembra com exatidão quando trabalhava para fazendeiros bielo-russos e quando se casou com seu único marido, há mais de 100 anos.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2005 | 11h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.