Nasa aborta missão por falta de combustível

Uma missão experimental da Nasa teve que ser abortada no espaço por falta de combustível. A sonda não tripulada Dart (Tecnologia para Demonstração de Encontros Automatizados, na sigla em inglês) deveria se aproximar de um satélite do Pentágono utilizando um sistema de navegação computadorizado.A sonda foi projetada para manobrar a uma distância de 5 metros do satélite. A Nasa, entretanto, disse que a Dart não conseguiu se aproximar mais do que 91 metros de seu alvo.Lua e MarteO responsável pelo projeto, Jim Snoddy, disse que a sonda apresentou uma série de "erros de navegação", mas ele não revelou se isso teria sido a causa do desperdício de combustível."Vários objetivos foram alcançados, embora não o principal", disse ele.O experimento pretendia testar a tecnologia de aproximação de objetos no espaço, que poderia ser usada para o envio de seres humanos para a Lua e Marte.A Nasa tem usado expedições tripuladas para suas missões espaciais desde os anos 1960 mas, se o processo pudesse ser automatizado, possibilitaria a colocação em órbita de componentes de naves antes do envio de astronautas.

Agencia Estado,

18 de abril de 2005 | 11h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.