Nasa adia pela segunda vez lançamento de sonda a Marte

Pela segunda vez a Nasa adiou o lançamento de uma nave não-tripulada devido ao mau tempo na região do Cabo Canaveral, na Flórida.A nave levará um robô que, pela primeira vez, deverá avaliar se o planeta já teve vida algum dia. Os dois jipes foram batizados oficialmente neste domingo. Sofi Collis, uma menina de nove anos, chamou um deles de ?Espírito? e o outro, ?Oportunidade?, ganhando um concurso de âmbito nacional, realizado nos EUA. Os jipes, robôs de 1,43 metro, funcionarão como geólogos artificiais. Irão se mover sobre seis rodas, que suportam painéis coletores de energia solar. Um braço mecânico movimentará microscópio, um aparelho para identificar minerais e uma ferramenta para desgastar rochas. Um mastro, erguido a partir dos painéis solares, suporta uma câmera panorâmica. Os robôs devem descer em lados opostos do planeta. O lançamento, a bordo de um foguete Delta II, foi reprogramado para às 14:58 de Brasília, se o tempo permitir. De cerca de 30 missões enviadas a Marte, apenas 12 chegaram. De nove tentativas de descer em solo marciano, apenas três obtiveram sucesso. Há quatro anos, a Nasa lançou duas sondas rumo a Marte, mas ambas falharam.

Agencia Estado,

09 de junho de 2003 | 14h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.