Nasa amplia missão de robôs e faz planos para Marte

A resistência dos robôs Spirit e Opportunity, em operação em Marte, continua surpreendendo os cientistas, que já comemoram uma ampliação da missão. O trabalho que poderia ter se encerrado em março do ano passado vai continuar até pelo menos setembro de 2006, calcula a Nasa."Agora temos de fazer planos para o longo prazo, porque é possível que os veículos continuam operando por muito tempo", comentou Jim Erickson, que dirige o projeto no Laboratório de Propulsão a Jato.Os dois jipes-robôs chegaram à superfície de Marte em janeiro de 2004, com a missão de recolher o maior número possível de informações num prazo estimado de três meses. Depois disso, pensavam os cientistas, a poeira marciana e outros fatores ambientais começariam a impedir o funcionamento dos mecanismos.Mas tanto o Spirit quanto o Opportunity, em regiões distintas do planeta vermelho, continuaram operando durante mais de 11 meses além do prazo. Foram poucas as interrupções provocadas por problemas.Mas Erickson advertiu que, a qualquer momento, um ou outro - ou ambos - podem simplesmente parar, encerrando sua missão. Há sinais de desgaste nos dois veículos.Conforme Doug McCuistion, diretor do Programa de Exploração de Marte, Spirit e Opportunity estão se aproximando de objetivos que pareciam fora de seu alcance.O Opportunity está, no momento, numa região chamada Etched Terrain (terreno corroído), onde os pesquisadores esperam encontrar rochas expostas à erosão pelo vento desde épocas ainda não estudadas até agora.O Spirit, agora, está subindo a colina Husband Hill. O veículo está recebendo uma carga maior de energia, depois que a poeira acumulada em seus painéis solares foi levada pelos ventos. Uma das rodas, que apresentava problemas, também voltou a funcionar.O sucesso dos dois robôs está animando ainda mais a Nasa para uma futura missão tripulada a Marte, segundo McCuistion.

Agencia Estado,

06 de abril de 2005 | 11h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.