NASA via The New York Times
NASA via The New York Times

Nasa anuncia 'morte' de robô em Marte

Opportunity, que estava há 15 anos na superfície do planeta vermelho, descobriu indícios de água

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2019 | 18h57

A agência espacial americana (Nasa) anunciou a "morte" nesta quarta-feira, 13, do robô Opportunity, que investigou a superfície de Marte durante 15 anos. Entre suas descobertas mais importantes, o equipamento encontrou os primeiros indícios de água no planeta.

Segundo cientistas da Nasa, o robô não sobreviveu a uma enorme tormenta de areia. "Tenho um profundo sentimento de agradecimento e gratidão ao declarar que a missão do Opportunity está completa", disse Thomas Zurbuchen, da Nasa, durante uma conferência pública.

Termina assim uma missão cuja longa duração era completamente inesperada. O robô foi projetado inicialmente para resistir na superfície de Marte por três meses, como lembrou o administrador da Nasa, Jim Bridenstine.

O Opportunity deu aos cientistas uma chance de ver Marte de um ponto que nunca antes tinha sido observado: rochas dispostas em camadas que resistiram à erosão da água que supostamente fluiu no planeta vermelho há bilhões de anos.

Por causa desse equipamento e de seu gêmeo Spirit, que desligou em 2010, a Nasa teve uma presença robótica contínua em Marte durante mais de 15 anos.

Mas, na noite desta terça, o centro de controle da agência emitiu a última chamada ao Opportunity e não recebeu nenhuma resposta, o que foi considerado um sinal definitivo para dar por concluída a missão. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.