Nasa aponta causa exata da tragédia do Columbia

Depois de mais de um ano, a Nasa finalmente determinou como e por que o pedaço de espuma isolante que condenou o ônibus espacial Columbia se desprendeu do tanque de combustível da nave durante a decolagem. O principal responsável pelos vôos espaciais da agência, Bill Readdy, disse que ficou determinado que ar ou nitrogênio líquido vazaram para uma falha da espuma, ou se acumularam por baixo dela. Com o calor da decolagem o gás se expandiu, fazendo explodir um pedaço do espuma do tamanho de uma valise. A agência espacial acreditava que a espuma havia se descolado, mas na verdade ela foi expelida em velocidade, atingindo a asa esquerda do Columbia e causando a falha na blindagem que levou à destruição da nave durante a reentrada na atmosfera. ?Esta é a verdadeira raiz do problema?, disse Readdy. Uma mudança no projeto do tanque de combustível e mudanças na técnica de aplicação da espuma, bem como checagens mais exaustivas, deverão resolver o problema, segundo a Nasa.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2004 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.