Nasa comemora um ano da missão de robôs em Marte

A Nasa está comemorando neste mês a façanha de seus dois robôs em Marte. Na segunda-feira passada, 3 de janeiro, o Spirit completou um ano de missão no planeta vermelho e, ao que tudo indica, o Opportunity deve fazer o mesmo no próximo dia 24.O motivo da comemoração vai além das importantes informações que os dois robôs coletaram e enviaram neste período. Um dos grandes feitos foi justamente ter funcionado muito mais do que os três meses previstos pelos cientistas que projetaram a missão.A Nasa calculava que, após 90 ou 100 dias rodando em Marte, os painéis solares dos pequenos jipes seriam cobertos por poeira, impedindo a captação de luz e a geração de energia para o funcionamento dos equipamentos. Mas os fortes ventos no planeta impediram o acúmulo de poeira.DescobertasSpirit e Opportunity transmitiram dados sobre a estrutura geológica do planeta e sobre as condições de sua atmosfera, permitindo descobertas consideradas fundamentais. A grande constatação foi a de que Marte já teve água suficiente para abrigar formas de vida.Os cientistas agora avaliam se ainda podem existir fontes de água sob o solo do planeta vermelho e até mesmo formas de vida microscópica.O Spirit pousou numa região marcada pela Cratera Gusev e pelas colinas de Columbia Hills. Por ali ele percorreu cerca de três quilômetros.O Opportunity pousou na região conhecida como Meridiani Planun, no lado oposto do planeta onde está o Spirit. Sua tarefa mais recente foi coletar imagens sobre a cápsula de proteção térmica que o envolvia no momento da chegada a Marte - os cientistas querem aperfeiçoar o material usado nestes escudos.ProblemasO Spirit foi o motivo de maior preocupação para a Nasa. Um problema de software, nas primeiras semanas após o pouso, deixou-o sem comunicação com a Terra por um tempo, mas a falha foi sanada.Depois, o Spirit teve problemas em uma de suas seis rodas, mas isso não o impediu de se movimentar.Atualmente a Nasa não registra nenhum problema no funcionamento dos dois robôs, e já faz planos para levá-los a novos desafios no planeta vermelho.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2005 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.