Nasa contrata empresas para criar balão para voar em Marte

Sistema deve ter potencial para realizar amostragens atmosféricas e vídeos, inexistente nas missões atuais

da Redação,

20 de fevereiro de 2009 | 17h14

A Nasa concedeu à Aurora Flight Sciences e sua parceira Vertigo Inc um contrato para a criação de um lançador autônomo de balões para ser operado na superfície de Marte. A Aurora prevê um sistema compacto e leve, que possa ser incluído em futuras sondas destinadas ao planeta vermelho, ampliando assim a missão com um pequeno veículo aéreo. O sistema deve ter potencial para realizar amostragens atmosféricas e vídeos, inexistente nas missões atuais.  Segundo nota da Aurora, a exploração de Marte com balões poderá cobrir uma porção da superfície maior Marte do que a acessível para as sondas de superfície, e oferece melhor resolução de imagens do que a dos satélites. Os balões podem ser usados para medir dados atmosféricos em diferentes altitudes e localidades de Marte.  De acordo com o gerente do projeto, George Kiwada, "um grande desafio é a possibilidade do revestimento ser danificado pelos ventos, rochas ou partes do equipamento." O contrato se baseia no trabalho anterior da Aurora para a Nasa no desenvolvimento de um avião para Marte.

Tudo o que sabemos sobre:
NasaciênciaespaçoMarte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.