Nasa define rumo do Spirit em Marte

Uma cratera de 200 metros de diâmetro e uma cadeia de montanhas são os dois pontos da paisagem de Marte que o robô Spirit visitará. Foi o que informaram técnicos da agência espacial americana Nasa, durante coletiva à imprensa. O veículo deve começar a rodar pelo solo do planeta entre a noite de amanhã e o início de quinta-feira - ou seja, algumas horas depois de o presidente dos Estados Unidos, Gerorge W. Bush, anunciar um novo plano de exploração do espaço, com a meta de levar astronautas à Lua e a Marte.Segundo o diretor de vôo da missão, Chris Lewicki, hoje mesmo o robô se movimentou pela primeira vez, por cerca de 25 centímetros, numa manobra em direção à rampa de saída. A cratera, o primeiro ponto a ser visitado, fica a 247 metros do local onde está o jipe. O percurso durará dias, talvez semanas. Os cientistas acreditam que o asteróide que formou a cratera pode ter exposto rochas antigas capazes de indicar se já houve água em Marte. Pelo caminho, o Spirit coletará e analisará rochas marcianas.Depois dessa etapa, a Nasa espera guiar o jipe para uma viagem incerta rumo a uma cadeia de montanhas a aproximadamente três quilômetros. Os cientistas sabem que o robô talvez não consiga chegar ao seu destino. "Nós vamos em direção às montanhas", disse o cientista que comanda a missão, Steven Squyres. "Nós vamos chegar o mais perto que pudermos".

Agencia Estado,

13 de janeiro de 2004 | 20h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.