Nasa descobre 2ª estrela mais brilhante da Via Láctea

Estrela brilha com intensidade estimada de 3,2 milhões de sóis como o do Sistema Solar

Da BBC Brasil, BBC

17 de julho de 2008 | 14h27

Astrônomos da Nasa identificaram uma estrela que pode ser a segunda mais brilhante da Via Láctea. Identificada como "estrela da nebulosa Peony", o astro foi revelado por meio de imagens do telescópio espacial Spitzer. A descoberta foi divulgada pela em artigo na publicação científica Astronomy and Astrophysics. Segundo os astrônomos, ela brilha com a intensidade estimada de cerca de 3,2 milhões de Sóis como o do sistema solar.   Foto: Divulgação/Nasa Nebulosa Peony; em destaque, a 2ª estrela mais brilhante da galáxiaOs cientistas acreditam que a estrela poderia até competir com a Eta Carinae - que tem brilho aproximado ao de 4,7 milhões de Sóis - pelo título de estrela mais brilhante da galáxia. Isso porque, de acordo com os astrônomos, é difícil medir com exatidão a luminosidade dos astros, e a estrela da nebulosa Peony poderia ser mais brilhante. Luz infravermelha "A estrela da nebulosa Peony é uma criatura fascinante. Parece ser a segunda estrela mais brilhante que conhecemos na galáxia e está localizada bem do centro da Via Láctea", disse Lidia Oskinova, da equipe de astrônomos. "Há provavelmente outras estrelas tão brilhantes, se não mais brilhantes, que permanecem escondidas de nossa visão", afirmou. Os cientistas já sabiam da existência da estrela, mas por causa de sua localização, numa região com muitas nuvens de poeira cósmica, sua luminosidade não havia sido revelada até agora. Segundo a Nasa, o brilho da estrela foi identificado graças à tecnologia do telescópio Spitzer, que permite a visualização de regiões um sensor de luz infravermelha.       BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.