Nasa desiste de mover sonda danificada em Marte

Spirit está presa em banco de areia desde maio e servirá como estação científica fixa.

BBC Brasil, BBC

26 Janeiro 2010 | 22h24

A Nasa (agência especial americana) afirmou, nesta terça-feira, que desistiu de tentar libertar a sonda Spirit do banco de areia onde se encontra atolada desde maio em Marte.

"A Spirit encontrou o pior pesadelo de um golfista, o campo de areia que, não importa quantas tacadas faça, não consegue se safar", disse Doug McCuistion, diretor do programa de exploração de Marte da Nasa.

A sonda, que chegou ao planeta há seis anos, permanecerá agora como uma estação científica fixa.

"A Spirit continuará a contribuir para a ciência", disse McCuistion.

Uma das vantagens de a sonda permanecer imóvel é medir as oscilações do solo, o que indicaria se Marte possui um núcleo sólido ou líquido, informação importante para determinar a história magnética do planeta.

Núcleo

Duas das seis rodas da sonda enguiçaram, comprometendo suas chances de sair do banco de areia.

Agora a Nasa pretende mover a sonda o máximo possível para aumentar a quantidade de sol captada por seus painéis antes do próximo inverno, em meados do próximo ano.

Os cientistas dizem acreditar que a sonda entrará em um estado semelhante ao de hibernação por volta de abril, saindo deste estado em abril ou setembro de 2011.

A Spirit foi uma das duas sondas da Nasa que pousaram em Marte em janeiro de 2004. A segunda, Opportunity, continua a percorrer a superfície do planeta.

A Nasa já gastou mais de US$ 900 milhões em seu programa de Marte e cerca de US$ US$ 20 milhões são gastos anualmente.

Os dados gerados pelas sondas já geraram cerca de 100 estudos acadêmicos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
spirit marte sonda nasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.