(NASA/JPL-Caltech via AP)
(NASA/JPL-Caltech via AP)

Ouça áudios da Nasa de atividade sísmica em Marte

O tremores, silenciosos demais para serem percebidos pelos ouvidos humanos, foram gravados pelo  Experimento Sísmico para Estrutura Interior (em inglês forma a sigla SEIS)

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2019 | 18h58

A Nasa (Agência Espacial Americana) divulgou nesta terça-feira, dia 1,  dois clipes de áudio com atividades sísmicas em Marte. Essas atividades foram captadas por um detector extremamente sensível, colocado na superfície de Marte no final do ano passado. 

O tremores, silenciosos demais para serem percebidos pelos ouvidos humanos, foram gravados pelo  Experimento Sísmico para Estrutura Interior (em inglês forma a sigla SEIS).

Cientistas esperam que com esse estudo, que tem como objetivo demonstrar como as ondas sísmicas se movem pelo interior de marte, revele-se a estrutura interna desse planeta.

Aproximadamente 20 abalos, chamados de "marsquakes", foram identificados pelo sistema.   

O áudio, um ruído baixo e contínuo, passou por um processo digital para ficar perceptível. Um dos tremores registrados nos clipes foi de 3,7 de magnitude e o outro de 3,3.

"Ambos sugerem que a crosta marciana é como uma mistura da crosta terrestre e com a da lua”, informou o Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa.

Marte, com sua superfície cheia de crateras, “é um pouco mais parecida com a Lua, com ondas sísmicas que soam por um minuto ou mais, enquanto terremotos na Terra podem ir e vir em segundos".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.