Reuters
Reuters

Nasa faz novo alerta sobre asteroide próximo da Terra

Expectativa é de que o corpo celeste passe a uma grande distância do planeta, algo como dez vezes a distância até a Lua

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de setembro de 2020 | 22h02

Mais um grande asteroide deve passar próximo da Terra nesta segunda-feira, 14. Conforme alerta emitido pela agência espacial americana (Nasa), o corpo celeste denominado 2020 QL2 teria cerca de 120 metros de diâmetro e fará sua máxima aproximação da Terra.

O asteroide só foi descoberto há um mês. A expectativa ainda é de que ele passe a uma grande distância do planeta, algo como dez vezes a distância até a Lua, o que torna impossível ser visto a olho nu e até chega a dificultar seu acompanhamento.

No dia 16 do mês passado, um asteroide de tamanho semelhante ao de um pequeno automóvel, chamado de 2020 QG, esteve muito mais próximo, a apenas 2.950 quilômetros do planeta, uma distância curta em termos proporcionais. Para a Nasa, isso significa que este é o asteroide que esteve mais próximo do globo sem atingi-lo. Apesar da pouca distância, ele não teria atingido a superfície da Terra, porque teria se dissipado na atmosfera e apenas resíduos cairiam no planeta. 

Apesar do grande destaque dado a esse tipo de atividade de asteroides, a Nasa observa que a chance de um objeto atingir a crosta terrestre é de menos de 1% em um ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.