Nasa instala novo conector de combustível na Atlantis

Desde o acidente com a nave Columbia, em 2003, a agência tenta consertar as falhas da Atlantis

Marcia Dunn, da Associated Press,

11 de janeiro de 2008 | 21h09

A Nasa, agência espacial norte-americana, começou nesta sexta-feira, 11, a instalação de um novo conector no tanque de combustível do ônibus espacial Atlantis. A agência espacial planeja fazer um novo lançamento da nave em 7 de fevereiro, numa missão para levar o aguardado laboratório europeu Columbus para a Estação Espacial Internacional.   O ônibus especial teve problemas recentemente, quando não conseguiu decolar após ter falhas nos sensores nos tanques de combustível. Primeiro a falha aconteceu durante a contagem regressiva para o lançamento, em 6 de dezembro do ano passado, e depois voltou a ocorrer três dias depois, numa outra tentativa de lançamento. Um teste de combustível feito antes do natal indicou que o problema da nave estava num conector defeituoso, que passava através da parede inferior do tanque de combustível. Atualmente, a peça passa por testes de temperaturas super frias no centro de vôo espacial Marshall, em Huntsville, no Alabama.   Um novo conector, com pinos recém soldados e outras modificações, está sendo instalado na plataforma de lançamento do ônibus espacial. Segundo George Diller, porta-voz da agência, o novo conector estará completamente instalado neste sábado, 12, para dar continuidade aos trabalhos de testes durante o final de semana.   A Nasa esperava lançar a Atlantis no espaço em janeiro, mas foi preciso de mais tempo para o novo conector de combustível funcionar. Os gerentes de lançamento da agência, que organizam as missões espaciais, ainda tiveram que trabalhar num lançamento de uma nave de carga russa que estava planejada para ser enviada ao espaço em 7 de fevereiro. Devido aos trabalhos na nave, esse lançamento ainda será adiado para alguns dias após a data prevista.   O ônibus espacial já passa por problemas nos conectores de combustível há quase três anos. Desde o acidente com a nave Columbia, em 2003, a agência vem tentando resolver as falhas da Atlantis. Devido aos problemas da nave, outro vôo para a Estação Espacial Internaciona,l que levaria a primeira parte de um grande laboratório espacial japonês ao espaço, também poderá não acontecer até pelo menos a metade de março. Atualmente, a Nasa tem ordens presidenciais para terminar a Estação Especial Internacional e aposentar as três naves restantes em 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
NasaAtlantis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.