Nasa: Phoenix envia foto mais detalhada já vista do solo de Marte

Cientistas acreditam que imagens mostram partículas de vidro vulcânico.

Da BBC Brasil, BBC

13 de junho de 2008 | 21h58

Cientistas da Nasa, a agência espacial americana, informaram que a sonda espacial Phoenix enviou, nesta sexta-feira, a foto mais detalhada já tirada do solo marciano. A sonda, que pousou em Marte há três semanas, é equipada com um microscópio que analisa o solo marciano. As imagens do microscópio mostram algumas partículas verdes que, segundo os cientistas, podem ser de ovilina, um material associado a erupções vulcânicas. De acordo com a Nasa, o solo também contém o que aparentam ser fibras de vidro vulcânico. O principal objetivo da missão é explorar o solo do planeta para detectar possíveis depósitos de gelo e descobrir se Marte seria capaz de abrigar formas de vida."Tivemos a idéia de enviar um microscópio para Marte há 11 anos e estou surpreso por estarmos vendo o solo de Marte em uma resolução jamais vista", disse Tom Pike, parte da equipe britânica envolvida com o projeto. "Há possibilidade de fazermos grandes descobertas ao analisar o solo com os diversos instrumentos que enviamos. Temos o equipamento certo para o trabalho", disse Peter Smith, principal investigador da missão.MissãoA nave está analisando o extremo norte de Marte,a planíce ártica, uma região antes inexplorada do planeta. A sonda está usando um braço mecânico para detectar possíveis depósitos de gelo. "O principal objetivo da missão é descer abaixo da superfície do planeta, onde estamos quase certos de que há água", disse Pike. De acordo com ele, satélites que circundam Marte já observaram a superfície do planeta em detalhes e encontraram sinais de que há água congelada a cerca de 10 cm abaixo da superfície. A sonda Phoenix foi lançada no dia 4 de agosto de 2007, transportada por um foguete Delta II, de Cabo Canaveral, na Flórida.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.