Navio com tesouro de 800 anos é resgatado na China

Descoberta arqueológica pode ser a maior da Dinastia Song (960 a 1127).

BBC Brasil, BBC

22 Dezembro 2007 | 09h00

Trabalhadores de resgate na China retiraram nesta sexta-feira do fundo do mar um navio que afundou há cerca de 800 anos com uma carga de milhares de artefatos raros, como porcelana, ouro e moedas de prata.Em uma operação delicada no Mar da China Meridional, um guindaste gigante elevou o navio Nanhai Número Um e o colocou em uma outra embarcação.Acredita-se que o navio e os tesouros são da Dinastia Song (960 a 1127). A descoberta pode ser uma das maiores já feitas sobre este período.O navio será colocado em um tanque gigante de um museu em Yangjiang, cidade na província de Guangdong, no sudoeste da China.O tanque foi especialmente construído para recebê-lo, com condições de temperatura e pressão iguais às do local onde o navio foi resgatado.Visitantes do museu poderão assistir aos arqueólogos enquanto eles trabalham para descobrir e retirar os tesouros perdidos de dentro da embarcação.O governo chinês investiu US$ 40 milhões para resgatar o navio.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.