Nove Estados dos EUA vão limitar emissões de gases

Nove Estados do nordeste dos Estados Unidos decidiram limitar as emissões de gases pelas centrais elétricas, apesar de Washington se negar a regular em nível federal a questão dos gases de efeito estufa. Os nove Estado aceitaram congelar as emissões em seu nível atual, e depois reduzi-las em 10% até 2020.É o primeiro acordo de cooperação deste tipo nos Estados Unidos, e ainda deve ser finalizado para então ser ratificado pelos governos, segundo informou o jornal The New York Times. Os Estados são: Nova York, Connecticut, Delaware, Maine, Massachusetts, New Hampshire, Nova Jersey, Rhode Island e Vermont.Esta decisão sem precedentes foi tomada ante a recusa do presidente republicano George W. Bush de que os Estados Unidos se somem ao Protocolo de Kyoto (1997), que estabelece uma redução global das emissões de gases de efeito estufa dos países industrializados.O governador republicano de Nova York, George Pataki, em desacordo com Bush, reuniu pela primeira vez seus colegas do nordeste em torno desta questão em 2003.A aplicação destas medidas - e os controles necessários - poderão encarecer o custo da energia na região, mas a eventual alta dos preços será compensada com as subvenções e o desenvolvimento de novas tecnologias, segundo o jornal.Os defensores da adesão dos EUA ao Protocolo de Kyoto esperam que este passo tenha um efeito de bola de neve nos outros Estados para chegar à adoção de uma lei federal.  mudanças climáticas

Agencia Estado,

26 de agosto de 2005 | 13h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.