Novos problemas impedem reativação do Telescópio Hubble

A Nasa havia iniciado o processo de ativação dos computadores de reserva do Hubble nesta semana

Agências Internacionais,

17 de outubro de 2008 | 14h00

Os esforços da Nasa para fazer com que o Telescópio Espacial Hubble volte a funcionar encontraram um novo obstáculo. Engenheiros tentam determinar qual deverá ser o próximo passo.   Autoridades da Nasa esperavam ter o observatório orbital, de 18 anos de idade, funcionando novamente nesta sexta-feira, depois que ele parou de enviar dados para a Terra há três semanas. No entanto, novos problemas surgiram, e a operação de resgate por controle remoto está suspensa.   A Nasa havia iniciado o processo de ativação dos computadores de reserva do Hubble nesta semana, e tudo ia bem até a trde de quinta-feira. Pouco antes do problema surgir, uma porta-voz da agência espacial havia dito a jornalistas que "tudo está funcionando perfeitamente".   O defeito inicial, no computador que é usado para coletar e processar dados de instrumentos científicos, fez com que a Nasa atrasasse uma missão espacial de manutenção do telescópio. A missão foi remarcada para fevereiro, quando os tripulantes tentarão substituir o computador defeituoso.   O telescópio espacial, que orbita a uma distância de 485 quilômetros acima da Terra, fez com que cientistas mudassem sua compreensão quanto à origem, evolução e conteúdo do universo, e emitiu imagens inéditas de galáxias distantes e fenômenos celestiais.

Tudo o que sabemos sobre:
hubblenasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.