AP
AP

Obama homenageia os primeiros homens a chegar à Lua

Obama celebrou os 40 anos do dia em que Armstrong e Aldrin deram os primeiros passos da humanidade na Lua

Associated Press,

20 de julho de 2009 | 16h46

Saudando os astronautas da Apollo 11 como "três heróis americanos", o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que a exploração espacial estimula a engenhosidade e inspira os estudantes de matemática e ciências.

 

Veja também:

especialTecnologias da Apollo aplicadas ao cotidiano

especialApollo 11: Há 40 anos, um salto gigante

documentoTire suas dúvidas: o homem foi mesmo à Lua?

video Os 40 anos do homem na Lua

Nova sonda da Nasa fotografa locais de pouso das Apollo

 

Obama celebrou os 40 anos do dia em que Neil Armstrong e Buzz Aldrin deram os primeiros passos da humanidade sobre a Lua.

 

O presidente comparou o feito dos astronautas a um de seus objetivos: garantir que os EUA tenham o maior índice mundial de estudantes formados no ensino médio até 2020.

 

Obama disse que Armstrong, Aldrin e o piloto do módulo de comando, que não pousou na Lua, Michael Collins, foram um padrão de excelência que inspira cientistas até hoje.

 

Os astronautas que participaram da cerimônia na Casa Branca, incluindo homens de outras missões Apollo, defenderam uma missão para levar astronautas a Marte.

 

Atualmente, a administração Obama tem uma comissão que avalia a viabilidade de um plano para o retorno à Lua até 2020, e o presidente não mencionou seus planos para a Nasa durante a homenagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.