Obra no Parque Iguaçu desagrada aos argentinos

O Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), vai ganhar em julho, uma plataforma de apoio para os helicópteros que sobrevoam a região, mas antes mesmo da inauguração, a obra provoca a discórdia dos argentinos, que dominam uma parte das cataratas.Eles alegam que o meio ambiente será afetado por causa da obra e, segundo fontes oficiais, ameaçam ir à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciências e Cultura (Unesco) reclamar e pedir que a entidade declare "perigo" para o Patrimônio da Humanidade.Situada entre o Centro de Visitantes e as Cataratas do Iguaçu, a futura plataforma servirá como ponto de apoio para helicópteros, oficiais ou de turismo, caso aconteça uma emergência e seja necessário algum pouso. Segundo o chefe-substituto do Parque, Apolônio Rodrigues, a distância entre as cataratas e o centro é grande, e isso justifica a obra."Ela (obra) se restringe à necessidade de termos um ponto de apoio em meio à mata, para que, em caso de algum acidente, tenhamos um referencial", afirmou.

Agencia Estado,

09 de maio de 2003 | 19h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.