Oceano Índico terá sistema de alerta de tsunamis

Quase três meses após o maremoto que deixou 300.000 mortos e desaparecidos na Ásia, a Alemanha e a Indonésia decidem se juntar para montar um sistema de alarmes de tsunamis no oceano Índico. O acordo foi assinado nesta segunda-feira pelos dois países em Jacarta.O sistema será montado no arquipélago indonésio, mas oferecerá informações a todos os países do índico. Segundo a agência Efe, a segurança será feita através de sensores que transmitirão informações sobre maremotos e ondas gigantes aos centros de vigilância por satélite.Inicialmente, os países banhados pelo oceano Índico criariam um sistema comum de alarmes de tsunamis, mas como os diferentes governos não entraram num acordo ficou decidido que cada um criará seu próprio sistema. O projeto da Alemanha e da Indonésia vai custar cerca de 60 milhões de dólares e está previsto para começar a ser instalado em outubro.

Agencia Estado,

14 de março de 2005 | 13h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.