<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

ONGs criticam acordo climático do G8

As organizações não-governamentais ligadas ao meio ambiente criticaram nesta sexta-feira o acordo alcançado pelos líderes do G8 sobre a mudança climática, acusando-os de não "reconhecer claramente" a necessidade de atuar com urgência, e de não contemplar ações concretas."Foi uma oportunidade perdida", disse Stephen Tindale, da organização Greenpeace, numa entrevista coletiva. "A declaração adotada pelos oito países que mais contaminam o planeta carece de objetivos concretos e de uma agenda precisa", acrescentou."Não há nada significativo no texto do G8 porque não conseguiram um acordo que demonstre a divisão entre os sete que ratificaram (o Protocolo de) Kyoto e os Estados Unidos", afirmou Jennifer Morgan, da WWF.Alemanha, Canadá, França, Reino Unido, Itália, Japão e Rússia ratificaram este protocolo que pretende reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 5,2% até 2012, em relação às taxas de 1990. O documento foi rejeitado pelo presidente americano, George W. Bush.Para conseguir a participação de Bush na declaração sobre mudança climática, um dos grandes acordos do G8, junto com a luta contra a pobreza na África, os sete tiveram que fazer importantes concessões aos Estados Unidos.Bush "fez de tudo para desestimular a ação internacional sobre a mudança climática", criticou Tony Juniper, da organização Amigos da Terra Internacional. "O preço deste fracasso será pago pelos mais pobres do planeta, sobretudo na África", advertiu Tindale, com a desertificação e as inundações que custam a vida de milhares de pessoas a cada ano.Declaração do G8 sobre mudança climática (em inglês) Plano de Ação do G8 sobre mudança climática (em inglês)

Agencia Estado,

08 de julho de 2005 | 14h33

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.