Reuters
Reuters

Ônibus espacial Atlantis aterrissa com segurança na Califórnia

Transporte da aeronave de volta para o Centro Espacial Kennedy, na Flórida, deve custar cerca de US$ 1,8 mi

REUTERS

24 de maio de 2009 | 13h11

O ônibus espacial norte-americano Atlantis retornou com segurança para a terra neste domingo, após um atraso de dois dias na aterrissagem por conta do mau tempo, encerrando uma missão de 13 dias para restaurar o Telescópio Espacial Hubble.   As condições meteorológicas ajudaram e o pouso, que vinha sendo adiado desde sexta-feira devido ao mau tempo no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, aconteceu sem contratempos.O ônibus teve de aterrissar na base de Edwards, da Força Aérea, na Califórnia.

Os astronautas instalaram uma nova câmera, substituíram baterias e fixaram instrumentos no telescópio de 19 anos de idade, reparos dos quais cientistas esperam manter um bom funcionamento por pelo menos cinco anos.

 

Os sete tripulantes do "Atlantis" receberam as boas-vindas via rádio e foram elogiados por completar "uma missão excelente que contribuirá para a expansão do conhecimento".

 

O comandante da missão, Scott Altman, afirmou que "foi uma grande viagem" e agradeceu a todas as equipes que trabalharam em diferentes partes dos Estados Unidos para garantir o retorno do "Atlantis".

 

A tentativa inicial de aterrissagem da nave, prevista para as 10h09 de hoje (11h09 de Brasília), foi abortada após os dois dias de chuvas na região do Centro Espacial Kennedy. O ônibus espacial finalmente tocou o solo terrestre às 12h39 (horário de Brasília) no deserto da Califórnia.

 

A agência espacial preferia que a nave tivesse pousado na Flórida, na costa leste, porque o transporte do "Atlantis" desde o oeste dos Estados Unidos deve custar US$ 1,8 milhão.

Tudo o que sabemos sobre:
ESPACOATLANTISPOUSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.