Ônibus espacial Endeavour inicia retorno à Terra

Nave levou novos equipamentos à estação, incluindo um reciclador de urina para astronautas

EFE,

28 de novembro de 2008 | 15h03

O ônibus espacial Endeavour se desligou da Estação Espacial Internacional (ISS) e iniciou seu retorno à Terra, após uma missão durante a qual foram instalados equipamentos que ampliam a capacidade de alojamento da plataforma orbital.   A Nasa afirmou que o Endeavour e a ISS, que orbitam a 27.000 km/h, se separaram às 12h47 de Brasília, quando a nave completava a órbita 215 de sua viagem, que incluiu quatro caminhadas de trabalho dos astronautas no espaço exterior.   O piloto do Endeavour, Eric Boe, um coronel da Força Aérea, iniciou o giro de 360 graus que permite que os tripulantes da ISS observem e obtenham imagens de toda a nave, para detectar possíveis rupturas na cobertura térmica.   O Endeavour tinha chegado à ISS em 16 de novembro, levando os equipamentos que permitirão que a plataforma orbital, um projeto de US$ 100 bilhões com a participação de 16 nações, duplique sua capacidade de alojamento.   Entre esses equipamentos, estão dois novos dormitórios, um avançado aparato para exercício físico e um novo sistema de purificação de líquidos que permitirá recuperar a água contida na urina e no suor. Durante seus trabalhos no espaço exterior, os astronautas limparam, lubrificaram e instalaram novos rolamentos na junta rotatória do conjunto de painéis de energia solar a boreste da ISS.   Além disso, o Endeavour levou à ISS à engenheira de vôo Sandra Magnus, que substituiu Greg Chamitoff na tripulação da plataforma, que orbita a cerca de 385 quilômetros da Terra.   A Nasa indicou que o Endeavour completaria a manobra de inspeção aproximadamente às 15h15 de Brasília e começaria, então, sua volta à Terra.   A aterrissagem do Endeavour está programada para o próximo domingo, às 16h19 de Brasília, no Centro Espacial Kennedy (sul da Flórida).

Tudo o que sabemos sobre:
issendeavournasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.