ONU pede apoio internacional na luta contra mudança climática

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pediu que o assunto seja tratado 'no mais alto nível'

EFE,

24 de setembro de 2008 | 19h42

pediu à comunidade internacional que impulsione para o mais alto nível político a luta contra a mudança climática, para assegurar que, nas próximas conferências sobre o assunto, na Polônia e na Dinamarca, se possa fechar o pacto que deve substituir o Protocolo de Kyoto.   O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, lançou esta mensagem depois de se reunir com o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, o primeiro-ministro da Dinamarca, Anders Fogh Rasmussen, e o chanceler indonésio, Hassan Wirajuda.   "Fica claro agora que para alcançar o resultado desejado, ou seja, para que se alcance um pacto completo e que se possa ratificar para a reunião de Copenhague, as negociações devem acontecer no mais alto nível político", disse o secretário-geral à imprensa, após o encontro.   Ban se reuniu com os três porque a Indonésia foi o anfitrião no ano passado da conferência internacional sobre a mudança climática de Bali, enquanto a cidade polonesa de Poznan receberá uma conferência em dezembro próximo e Copenhague, em 2009.   O secretário-geral advertiu que a conferência de Poznan é um "ponto crucial" para chegar à reunião na capital dinamarquesa. "Existe um consenso sobre a necessidade de que em Poznan se alcance um progresso real em matérias-chave", apontou.   Ban também qualificou como "imperativo" que os países desenvolvidos "transfiram um sinal claro de que estão dispostos a assumir suas responsabilidades quanto à redução de emissões e financiar as medidas adotados por países em desenvolvimento".

Tudo o que sabemos sobre:
efeito estufaonuco2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.