Alessia Pierdomenico/AP
Alessia Pierdomenico/AP

Papa expressa 'consternação' por vítimas na Ilha da Madeira

Em um telegrama, Bento XVI pediu ainda a 'bênção e o conforto de Deus' a todas as vítimas das inundações

ANSA,

23 Fevereiro 2010 | 11h04

O papa Bento XVI expressou sua "dor e consternação" pelas vítimas das enchentes que, no último sábado, 20, destruíram grande parte de Funchal, capital da Ilha da Madeira.

 

Veja também:

linkIgreja Católica desculpa-se por abusos sexuais na Alemanha

linkVaticano apura alta no número de católicos no mundo 

 

Segundo divulgou nesta terça-feira a Santa Sé, em um telegrama endereçado ao bispo de Funchal, Dom Antonio José Carrilho, o Pontífice demonstrou sua "dor e consternação" e pediu a "bênção e o conforto de Deus por todos que foram atingidos pelo drama e por aqueles que estão se empenhando nas atividades de socorro".

 

As fortes chuvas afetaram grande parte da capital da ilha destruindo pontes, estradas e avenidas. As autoridades estimam que mais de 300 pessoas ficaram desalojadas e ao menos 42 morreram.

 

No momento, as operações de resgate se concentram nos estacionamentos de três shoppings, onde havia centenas de carros na ocasião da enxurrada.

Mais conteúdo sobre:
papa Bento XVI inundaçoes Ilha da Madeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.