Alessia Pierdomenico/AP
Alessia Pierdomenico/AP

Papa expressa 'consternação' por vítimas na Ilha da Madeira

Em um telegrama, Bento XVI pediu ainda a 'bênção e o conforto de Deus' a todas as vítimas das inundações

ANSA,

23 Fevereiro 2010 | 11h04

O papa Bento XVI expressou sua "dor e consternação" pelas vítimas das enchentes que, no último sábado, 20, destruíram grande parte de Funchal, capital da Ilha da Madeira.

 

Veja também:

linkIgreja Católica desculpa-se por abusos sexuais na Alemanha

linkVaticano apura alta no número de católicos no mundo 

 

Segundo divulgou nesta terça-feira a Santa Sé, em um telegrama endereçado ao bispo de Funchal, Dom Antonio José Carrilho, o Pontífice demonstrou sua "dor e consternação" e pediu a "bênção e o conforto de Deus por todos que foram atingidos pelo drama e por aqueles que estão se empenhando nas atividades de socorro".

 

As fortes chuvas afetaram grande parte da capital da ilha destruindo pontes, estradas e avenidas. As autoridades estimam que mais de 300 pessoas ficaram desalojadas e ao menos 42 morreram.

 

No momento, as operações de resgate se concentram nos estacionamentos de três shoppings, onde havia centenas de carros na ocasião da enxurrada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.