Papa pede honestidade e coragem a bispos da Irlanda

O Vaticano informou que o papa Bento XVI está pedindo aos bispos irlandeses que sejam honestos e corajosos para lidar com o escândalo de abusos sexuais envolvendo membros da Igreja Católica. Um porta-voz do Vaticano, reverendo Federico Lombardi, disse nesta terça-feira que o eventual afastamento dos bispos não foi discutido, nas reuniões para tratar da crise.

AE-AP, Agencia Estado

16 Fevereiro 2010 | 12h33

Dois dias de conversas entre o papa e os bispos no Vaticano terminaram nesta terça-feira. O Vaticano também defendeu a decisão de um enviado de Bento XVI à Irlanda de se recusar a testemunhar diante de parlamentares locais sobre as décadas de escândalos sexuais entre religiosos e o trabalho de autoridades religiosas para encobrir esse problema.

Mais conteúdo sobre:
Papa Bento XVI Irlanda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.