Papa recebe carta de agradecimento de Ahmadinejad

Presidente iraniano agradeceu oposição de Bento XVI às ameaças de pastor americano de queimar Alcorão

AP,

09 Outubro 2010 | 17h08

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad enviou uma carta ao papa Bento XVI agradecendo o líder católico por sua oposição às ameaças do pastor da Flórida de queimar o Alcorão e por sua cooperação contra o secularismo, disseram o Vaticano e a presidência iraniana neste sábado, 9.

 

O Vaticano disse que o papa recebeu a carta durante um breve encontro com um dos vice-presidentes iranianos no final de sua audiência semanal na quarta-feira.

 

O conteúdo da mensagem não foi divulgado, mas o site do governo iraniano publicou trechos da carta de Ahmadinejad. O papa e diversos outros líderes cristãos pediram ao pastor que reconsiderasse seu plano de queimar o Alcorão no aniversário dos atentados terroristas de 11 de setembro. O plano acabou não cumprido.

 

Esta não é a primeira vez que o governo iraniano envia uma carta ao pontífice. Em 2006, Bento XVI recebeu uma mensagem de Ahmadinejad que falava sobre a rodada de sanções que o país acabava de sofrer pelo Conselho de Segurança da ONU após a recusa do presidente iraniano de se comprometer com seu programa nuclear.

Mais conteúdo sobre:
Bento XVI Ahmadinejad Alcorão carta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.