Para ONGs, atitude do G8 contra mudança climática é 'patética'

Grupo estipulou uma meta não vinculativa de cortes de 50% da emissão de gases poluentes até 2050

Efe,

09 de julho de 2008 | 04h07

A ONG ambientalista WWF e o Greenpeace criticaram a postura do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais industrializados e a Rússia) em relação à mudança climática. Veja também: G8 e G5 pedem cortes profundos nas emissões de CO2 A WWF qualificou, nesta quarta-feira, 9, de "patético" o comportamento do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais industrializados e a Rússia) sobre a mudança climática. A ONG ainda acusou o grupo de "fugir de responsabilidades com relação à luta contra o aquecimento global" durante sua cúpula do Japão. "Para a WWF, é patético que (o G8) continue fugindo de sua responsabilidade histórica", assinalou a ONG em comunicado divulgado um dia depois de o grupo estipular uma meta não vinculativa de cortes de 50% da emissão de gases poluentes para 2050. "O G8 é responsável por 68% do dióxido de carbono acumulado na atmosfera, e por isso é o principal culpado pela mudança climática", disse a WWF. O Greenpeace, outra organização que luta pela defesa do meio ambiente, também fez suas críticas. "É uma falha completa. O G8 não avançou e não quis adotar objetivos claros de redução da emissão de gases a médio prazo", assinalou o Greenpeace.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.