Luke MacGregor/Reuters
Luke MacGregor/Reuters

Parlamento do Reino Unido aprova casamento gay

Projeto ainda precisa passar por outras avaliações das câmaras baixa e alta

AE,

05 Fevereiro 2013 | 17h53

LONDRES - Os parlamentares britânicos aprovaram nesta terça-feira uma lei que permite a casais de mesmo sexo se casarem, em um grande passo na direção de acrescentar o Reino Unido à crescente lista de países que legalizaram o casamento gay.

A iniciativa, amplamente apoiada pelo primeiro-ministro David Cameron, foi aprovada por 400 votos a 175. Mas Cameron enfrenta a oposição de políticos de seu próprio Partido Conservador. O projeto ainda precisa passar por outras avaliações das câmaras baixa e alta, mas o voto desta terça-feira marcou um passo significativo para que ele se torne lei.

A ação ocorre no Reino Unido no momento em que outros países também debatem a questão. Na França, um projeto que legaliza o casamento gay está tramitando no Parlamento e a votação final sobre a medida deve ocorrer na semana que vem. Nos Estados Unidos, onde Barack Obama se tornou o primeiro presidente a declarar publicamente seu apoio à legalização do casamento gay, uma série de estados já reconhecem essas uniões.

A Holanda se tornou o primeiro país a aprovar a união entre casais de mesmo sexo, em 2011. Cerca de 10 países seguiram o exemplo, incluindo Argentina, Canadá e Espanha. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Casamento gay

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.