Passageiros em avião filmam eclipse do Sol a 11 mil metros de altura

Voo partiu de Anchorage, no Alasca, para Honolulu, no Havaí; fenômeno foi registrado por astrônomos que estavam no avião

Júlia Marques, O Estado de S. Paulo

10 Março 2016 | 19h45

Passageiros a bordo do voo 870, da Alaska Airlines, vivenciaram uma experiência rara na última terça-feira, 8. Da aeronave, puderam ver o eclipse total do Sol, a 11 mil metros de altura. O fenômeno foi registrado e publicado nas redes sociais.

Não foi apenas sorte. Segundo relato da Alaska Airlines, a bordo da aeronave estavam dezenas de astrônomos que haviam esperado e planejado o voo exatamente para assistirem ao fenômeno. 

Tudo começou quando, há cerca de um ano, Joe Rao, astrônomo do planetário Hayden, do Museu Norte-Americano de História Natural, que nesta terça ocupou o assento 32F, descobriu que o avião faria o trajeto de Anchorage, no Alasca, para Honolulu, no Havaí, caminho perfeito para apreciar o eclipse. A notícia se espalhou pela comunidade de 'caçadores de eclipses'.

 

The memories from last night’s inflight entertainment will last a lifetime. We adjusted flight #870 from Anchorage to Honolulu just so our passengers could catch the solar eclipse from 35,000 feet. Experience it for yourself in this video from Mike Kentrianakis / American Astronomical Society.Full story on our blog: http://bit.ly/1UNYZbi Publicado por Alaska Airlines em Quarta, 9 de março de 2016

O grupo de astrônomos combinou com a companhia aérea um plano de voo específico, que otimizasse a experiência de assistir ao eclipse, levando em conta as condições do tempo e os ventos. Apesar de todo o planejamento, o time por pouco não perdeu o espetáculo: o voo foi antecipado em 25 minutos, mas os astrônomos pediram à companhia aérea que fizesse o percurso no tempo previsto anteriormente. 

"Somos todos caçadores de eclipse veteranos que viajam ao redor do mundo para nos aquecermos na sombra da Lua por alguns minutos preciosos", disse Rao. 

  

Mais conteúdo sobre:
Sol Alaska Airlines Alasca Honolulu Havaí Lua

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.