Pastoral da Terra lança cartilha sobre uso da água

Com atenção voltada para a questão da água no semi-árido brasileiro, a Cáritas Brasileira e a Comissão Pastoral da Terra (CPT) ampliaram neste ano o raio de ação sobre o tema e lançam, na próxima semana, quando se comemora a Semana da Água, uma publicação voltada para educação e conscientização sobre água destinado a todas as regiões do País. A cartilha, cujo título é Bendita Água, traz informações gerais sobre recuperação e preservação, os diversos usos e a política brasileira das águas. Destinada aos os núcleos da CPT e organizações que trabalhem com o tema, a publicação traz informações inclusive de como utilizar o material em encontros comunitários. Elaborada por Roberto Malvezzi, da coordenação Nacional da CPT, e Ivo Poletto, assessor da Cáritas, com colaboração de Anadete Reis, coordenadora do Programa Nacional de Convivência com o Semi-Árido, o guia propõem a discussão local sobre a gestão da água e sobre o conceito de escassez. A cartilha pretende mostrar que a água, quando respeitada e bem cuidada, não é escassa na natureza. ?Sempre existiu água para todas as formas de vida, tanto daquelas que dependem de água doce como das águas marinhas. O ciclo das chuvas repõe a água constantemente. Entretanto, como já faz algum tempo que as águas estão sendo contaminadas, poluídas e concentradas nas mãos de algumas empresas e de algumas atividades específicas, fica mais difícil para a população ter acesso à água. O problema, então, não é de escassez, mas de cuidado para não poluir as águas, de políticas e ações para recuperar os mananciais poluídos e de um bom gerenciamento para que todos tenham acesso à ela?. Segundo a ssessoria da Cáritas, brevemente o texto da publicação estará disponível também na internet.

Agencia Estado,

13 de março de 2003 | 10h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.