Pensar em Deus reduz a ansiedade, diz estudo

Pensar em Deus diminui os problemas de ansiedade e dor, segundo estudo publicado pela revista científica britânica New Scientist. A pesquisa, feita por cientistas da Bowling Green State University de Ohio (EUA), conclui que a meditação espiritual facilita o relaxamento e ajuda as pessoas a suportar a dor.Os especialistas chegaram a essa conclusão depois de fazer uma experiência com estudantes voluntários que foram reunidos em três grupos de meditação.Em um primeiro grupo, o chamado "espiritual", os participantes tiveram de se concentrar e repetir frase como "Deus é amor" e "Deus é paz". Os pesquisadores pediram a um segundo grupo, o "secular", que pronunciasse frases do tipo "sou feliz" e "estou contente". O terceiro grupo simplesmente tinha de relaxar.Os três grupos praticaram as tarefas solicitadas pelos especialistas durante 20 minutos por dia durante duas semanas, enquanto os pesquisadores usavam técnicas psicológicas para avaliar o estado de ânimo dos participantes.Além disso, os autores do estudo testaram a resistência dos estudantes à dor medindo por quanto tempo eles conseguiam manter as mãos em um recipiente com água a dois graus centígrados.No final, os voluntários do grupo "espiritual" deram mostras de uma maior redução da ansiedade que o resto, pois foram capazes de manter as mãos na água gelada durante um período de tempo duas vezes mais longo que os outros participantes.A diretora do estudo, a professora Amy Wachholtz, explicou que, ao pensar em Deus, os estudantes do grupo "espiritual" alcançaram um estado mais complexo que o mero relaxamento."É possível que exista algo único e inerente à prática da meditação espiritual que não pode ser obtido por meio da meditação secular ou do relaxamento", disse a professora.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2005 | 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.