Perguntas e respostas sobre a resolução da ANS para programas preventivos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou na segunda-feira resolução que incentiva a participação de beneficiários de planos de saúde a aderirem a programas de envelhecimento saudável e prevenção de doenças. Saiba mais a seguir:

estadão.com.br,

23 Agosto 2011 | 21h24

Que tipo de benefícios as operadoras podem oferecer a quem participar de programas de envelhecimento saudável ou prevenção de doenças?

As operadoras podem oferecer até 30% de descontos nas mensalidades ou dar prêmios, como descontos em academia ou gratuidade em plano dentário, sem discriminação por idade ou doença preexistente.

Que tipo de benefícios serão oferecidos por cada operadora de plano de saúde?

Apesar de a resolução já ter entrado em vigor, as operadoras afirmam que estão analisando a nova resolução e, por isso, ainda não há informações sobre os benefícios.

As operadoras são obrigadas a oferecer o benefício?

Não, a adesão das operadoras à resolução é facultativa. No entanto, segundo o presidente da Associação Brasileira de Medicina de Grupo, Arlindo de Almeida, as operadoras devem aderir à concessão de descontos ou prêmios.

Algumas operadoras já oferecem programas que incentivam uma vida mais saudável. O que muda agora?

Antes, a participação nos programas não podia ser atrelada à oferta de descontos ou prêmios, o que é permitido agora.

As operadoras podem cobrar resultados, como emagrecimento ou redução de colesterol, dos usuários de planos que participarem dos programas?

Não. O que está atrelado ao desconto é a participação do beneficiário, independente do resultado alcançado. A ANS entende que o resultado depende de uma série de fatores, como pré-disposição genética.

Mais conteúdo sobre:
plano de saúde ANS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.