Petrobrás concentra patrocínio em projetos relacionados à água

A Petrobrás decidiu concentrar sua verba de patrocínio a projetos ecológicos para os próximos dois anos em projetos que tenham como tema a água, doce ou do mar. O Programa Petrobrás Ambiental vai destinar R$ 40 milhões para iniciativas, com duração máxima de 24 meses, que estimulem a conservação e o uso racional desse recurso natural. Poderão candidatar-se projetos de preservação ambiental novos, em andamento ou em fase de planejamento. Os projetos devem ter como objetivo desenvolver e/ou apoiar iniciativas, que compreendam a construção da consciência sobre o uso responsável da água; capacitação e mobilização para a gestão de recursos hídricos; e ações de recuperação e conservação de nascentes e matas ciliares. Não serão aceitos projetos concebidos por pessoas físicas. Apenas ações pleiteadas por pessoas jurídicas do chamado terceiro setor, legalmente constituídas e sem fins lucrativos, como as organizações não-governamentais, podem concorrem ao patrocínio. Cada proposta pode pleitear um patrocínio máximo de R$ 3 milhões para suas ações, respeitando o teto de desembolso anual de R$ 1,5 milhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.